trabajos
lifeEditor

Fundo Florestal Permanente apoia Penacova na defesa da floresta

Este apoio do FFP destina-se a ações a realizar durante três anos por duas equipas de sapadores florestais do concelho, informou hoje em comunicado a Câmara de Penacova, no distrito de Coimbra.

A candidatura da autarquia, presidida por Humberto Oliveira, do PS, ao Fundo Florestal Permanente, foi aprovada ao abrigo do eixo de intervenção “Defesa da floresta contra incêndios e agentes bióticos”.

“O trabalho de prevenção planeado de forma estratégica com todos os agentes traduz-se em objetivos concretos e concretizáveis. Mas é bom que os munícipes entendam que este não é um trabalho apenas de vigilância e patrulhamento, é igualmente um trabalho de primeira intervenção em colaboração com os bombeiros”, defende o autarca do PS, citado na nota.

Ao longo do ano, é também “um trabalho de silvicultura preventiva (…), limpeza de terrenos, controlo de espécies invasoras e abate de árvores que possam colocar em perigo infraestruturas fundamentais, como a rede elétrica ou de telecomunicações”, acrescenta.

No último verão, os trabalhos de vigilância e patrulhamento florestal no concelho resultou “num número de ocorrências muito abaixo da média nacional”, as quais “não colocaram em perigo as pessoas, para nós, sem qualquer dúvida, o mais importante”, segundo Humberto Oliveira.

Um ano depois da tempestade Leslie, o autarca destaca igualmente “a forma empenhada como os sapadores florestais de Penacova trabalharam, em parceria com os seus congéneres da Mealhada e Mortágua, para a recuperação da Mata Nacional do Buçaco”.

“Sem este esforço intermunicipal, não teria sido possível, de forma tão célere, recuperar para fruição do público aquele património natural único na região”, enaltece Humberto Oliveira.

css/mls

____________________________________________________________________

 

About LIFE17 GIE/ES/000515 Life Invasaqua of the EU.

Espécies exóticas invasoras de água doce e sistemas estuarinos: sensibilização e prevenção na Península Ibérica

Co-financiado pela UE no âmbito da iniciativa Life e coordenado pela Universidade de Múrcia, LIFE INVASAQUA visa contribuir para reduzir os impactos nocivos das ESPÉCIES EXÓTICAS INVASORASORAS (IEE) na biodiversidade, aumentando a sensibilização do público, aumentando a formação nos sectores envolvidos e criando ferramentas para um sistema eficaz de alerta rápido e resposta rápida (EWRRR) para gerir os seus impactos nos ecossistemas e estuários de água doce.

Life Invasaqua é coordenado pela Universidade de Múrcia com a participação de 8 parceiros:: EFEverde da Agencia EFE,  UICN-Med,  Museo de Ciencias Naturales-Centro Superior de Investigaciones Científicas,  Sociedad Ibérica de Ictiología (SIBIC),  Universidad de Navarra,  Universidad de Santiago de Compostela,  Universidad de Évora e Associaçao Portuguesa de Educaçao Ambiental (ASPEA)

@lifeinvasaqua